Sunny & Snowball — Joviana Marques

Uma garotinha de capa e sua amiga inseparável, uma unicórnio encantada, enfrentam,  em diversas aventuras, o maior monstro de todos os tempos: os problemas diários.

Continuar lendo “Sunny & Snowball — Joviana Marques”

Não me abandone jamais — Kazuo Ishiguro

ishig.jpg
Capa da 2º edição brasileira de Never let me go.

Internato de Hailsham, Inglaterra, 1978.

Crianças brincam em um ambiente idílico, com natureza exuberante e um excessivo incentivo às expressões artísticas, colecionismo e permutas.

As crianças de Hailsham são “especiais”.

Entretanto, descobrir o que esta pequena palavra, “especial”, pode significar neste romance retro/distópico do premiado autor Kazuo Ishiguro, o fará, inevitavelmente, irromper em lágrimas, provocando um desconforto existencial que poucas obras conseguem evocar.

Continuar lendo “Não me abandone jamais — Kazuo Ishiguro”

Camille Claudel: uma mulher – Anne Delbeé

“Como Orfeu ela ousa afrontar os infernos”

 

” […] Pois o mais notável não era que fosse a irmã de Paul, a amante de Auguste Rodin, que fosse bela, e ‘louca’. Não, o que me impressionava, o que me impedia de fechar o livro era isto: ela era ESCULTORA”.

daniela-lima-blog-camille-claudel.jpg
Camille Claudel

 

Ela era escultora. A descoberta de Anne Delbeé, autora do livro que trago para vocês hoje, foi similar a minha quando me deparei com a figura de Camille Claudel: uma mulher que esculpia. Uma mulher que esculpia no século XIX.

Continuar lendo “Camille Claudel: uma mulher – Anne Delbeé”

Moça Com Brinco de Pérola – Tracy Chevalier

Profundidade singela e genialidade

É sempre uma experiência única fechar um livro e continuar ligada a ele. Aquele livro onde não importa quantas páginas li hoje porque nem vi elas passarem, apressadas, diante dos meus olhos. Só as virei.

Continuar lendo “Moça Com Brinco de Pérola – Tracy Chevalier”