O noivo da princesa – William Goldman

O_NOIVO_DA_PRINCESA_1232490175BWilliam Goldman (personagem e autor da história), é um renomado escritor e roteirista, ele inicia este livro nos contando sobre sua infância… Quando era criança, apesar de ser um garoto muito imaginativo, ele não gostava de ler (no início)… mas nós sabemos que ele se torna um escritor. O que acontece? O que eu perdi então?

Querido leitor, acontece com Goldman algo que já aconteceu com você, isso mesmo. Acontece seu primeiro livro, e depois dele, não existe volta. O primeiro livro de William Goldman foi O noivo da princesa, de S. Morgenstern, o “livro de despertar” de Goldman para o universo da leitura e que mudou sua vida para todo o sempre. Na verdade ele nunca havia lido esse livro, mas seu pai leu para ele quando William era criança e ficou doente.

Continuar lendo “O noivo da princesa – William Goldman”

Anúncios

Cartas na mesa – Agatha Christie

Cartas na mesa capa LPMQuatro investigadores, quatro “assassinos” e um jogo de bridge.

“- Sou como o bom Deus me criou, madame.
– Somos todos assim, suponho.
-Nem todos, madame. Alguns tentam melhorar a obra divina […]”

(Cartas na mesa – Agatha Christie)

Continuar lendo “Cartas na mesa – Agatha Christie”

O cavaleiro dos Sete Reinos – George R.R. Martin

capacavaleiroQuer conhecer um pouco de George Martin e o mundo de Gelo e Fogo, mas não gosta de ler séries de livros “intermináveis”? Ou deseja obter mais conhecimento sobre esse universo e deixar que mais teorias povoem sua mente? (Esse livro é para você!)

O cavaleiro dos Sete Reinos é uma história que se passa 90 anos antes de A Guerra dos Tronos (livro 1 das Crônicas de Gelo e Fogo). Mas não, não tenha medo você que já não aguenta mais ter crises de ansiedade por livros que possuem continuação, porque esse livro consiste em contos independentes. São três contos O cavaleiro andanteA espada juramentadaO cavaleiro misterioso, todos centrados em Dunk (Sor Duncan, o Alto), um cavaleiro andante. Continuar lendo “O cavaleiro dos Sete Reinos – George R.R. Martin”

Medieval: contos de uma era fantástica — Vários autores

9bc70257d86c3e510594fdfdeda8e322.jpgMedieval: contos de uma era fantástica é um livro que promete, mas será que ele chega a ser? Muitas pessoas tem elogiado o belo trabalho de edição e arte de capa produzido pela editora Draco, mas esse deve ser apenas a cereja do bolo. Lembre-se >>>”Não julgue um livro pela capa.”<<<

Continuar lendo “Medieval: contos de uma era fantástica — Vários autores”

O Estranho Misterioso — Mark Twain

Quer saber qual foi minha experiência ao ler O Estranho Misterioso? Então puxa a cadeira, chega mais e liga o som que esta é uma história hardcore. É, com certeza, uma história que suscita muitas reflexões e logo nas primeiras páginas me veio à memória a música Amaranth, da banda finlandesa Nightwish.

Continuar lendo “O Estranho Misterioso — Mark Twain”

O Mágico de Oz — L. Frank Baum

Tortinha de maçã com chocolate

capaozColocando um pouco mais de açúcar nesse blog, hoje vou falar da minha experiência atual com o clássico infantil O Mágico de Oz, de Lyman Frank Baum. Meu contato inicial com o mundo de Oz foi formado pelo cinema e TV. Assistia a interpretação de Judy Garland como Dorothy e, particularmente (muito particularmente), sempre sentia um soninho, mas também me encantava, principalmente  com sua voz angelical interpretando Somewhere over the rainbow.

Mas então, vamos falar do livro? Esqueça todas as referências sobre Oz que você absorveu nesse mundo cinematográfico, porque, afinal, a literatura é uma outra linguagem, vaga em um outro universo…

Continuar lendo “O Mágico de Oz — L. Frank Baum”

Rainha da Tempestade – Marion Zimmer Bradley

“Houvera um tempo na história do Comyn em que promovíamos uma reprodução seletiva, a fim de fixar esses dons em nossa herança racial; foi uma época de grande tirania e não um tempo de que nos lembremos com orgulho”(Lady Rohana – A corrente rompida)

rainha-da-tempestade-livroImagine um universo onde algumas pessoas, de uma determinada origem genética, possuam um “dom”, chamado de laran, que é capaz de lhes proporcionar “poderes” como: telepatia, presciência e voz de autoridade. Para desenvolver e aprimorar esse laran houveram programas de reprodução onde homens e mulheres eram selecionados minuciosamente para gerar descendentes fortes com o poder adequado.

Por conta desses programas de reprodução, os partos eram cada vez mais difíceis, o que acarretava, geralmente, na morte do bebê ou da mãe. Ainda somava-se o fato de que a criança que chegasse à vida adulta poderia morrer de uma “doença do limiar” (a transição da infância para a vida adulta). Em meio à tudo isso ainda existem reinos, soberanos e um sistema de “direito de nascimento”, o que para nós não é estranho. Significava que o rei precisa ter um filho homem legítimo para passar seus domínios, ou estará fadado ao caos.

Continuar lendo “Rainha da Tempestade – Marion Zimmer Bradley”

Meu Pé de Laranja Lima — José Mauro de Vasconcelos

Ganhei esse livro em um encontro do Clube do Livro e, na primeira página, minha querida amiga e amante da literatura brasileira, Kah, teve a audácia de escrever a seguinte dedicatória:

“Este é com certeza o típico livro que você não deve e nem pode julgar pela capa, e muito menos pelo título… Este é um livro que vai mexer com seus sentimentos e apurar ainda mais a sua sensibilidade. Gostaria, enfim, de lhe propor um desafio: não chorar em nenhum momento do livro (uma coisa realmente impossível de ser feita)! Espero o resultado, heim?” (Kah)

Como pode me desafiar a não chorar!? 

Eu consegui manter o livro seco, mas não meus olhos…

Continuar lendo “Meu Pé de Laranja Lima — José Mauro de Vasconcelos”

Pó de Livro # 1 – Tag Natalina

Fala galera!

Esse é o primeiro episódio do podcast do nosso blog, o “Pó de Livro”!
Chega mais e vem discutir com a Jovi, Karina, Emília e Juh sobre quem seriam os personagens literários mais incríveis para compor esse natal!

Continuar lendo “Pó de Livro # 1 – Tag Natalina”

Tag Literária — Uma festa de Halloween muito louca. Quem você convidaria?

Boo!👻👻👻

♫♫”…festa estranha com gente esquisita, eu não to legal não aguento mais birita…”♫♫ (Eduardo e Mônica – Legião Urbana)

Continuar lendo “Tag Literária — Uma festa de Halloween muito louca. Quem você convidaria?”