BEFORE SUNRISE and BEFORE SUNSET – Richard Linklater

“Celine : Todos esses casais esperam, depois de anos vivendo juntos, que a paixão, o desejo que consome, continue o mesmo do começo. Mas isto é impossível.” – Before Sunset, tradução nossa.

Fala povo! Dia dos namorados chegou e a equipe do Clube do Livro não podia deixar essa data passar em branco sem uma indicação de leitura maravilhosa, não é mesmo? No lugar de romances com quilos de açúcar caramelizado, escolhi trazer uma história de amor “real”, com todos os percalços que a vida inevitavelmente nos impões.

beforesunset

O livro de hoje não é um livro, é um roteiro. Na verdade, dois.

Confuso? Nem tanto! Fica com a gente para descobrir!

Continuar lendo “BEFORE SUNRISE and BEFORE SUNSET – Richard Linklater”

Once Upon a Cloud — Claire Keane

Hoje é dia de fofura no C.L.! Quem disse que adulto não pode ler livro ilustrado infantil?! Pode sim senhor! E hoje se prepara porque a dica é a coisa mais fofa do mundo: vamos viajar nas nuvens com uma garotinha que só queria encontrar um presente especial para sua mãe. Quem está a bordo?

tumblr_na9emg84NG1qcx6iuo1_1280
Capa do livro Once Upon a Cloud, de Claire Keane.

Continuar lendo “Once Upon a Cloud — Claire Keane”

Pó de Livro # 4 — O Sol é Para Todos

Fala galera! Esse é o episódio 04 do Pó de Livro!
Chega mais e vem conversar com a Jovi, a Emília, a Lela e a convidada especial, Beatriz, sobre racismo, comunidades pequenas e protagonismo negro em O Sol é Para Todos, da consagrada autora americana Harper Lee.

Curtiu? Então faz as malas para Maycomb, e bora discutir!

Continuar lendo “Pó de Livro # 4 — O Sol é Para Todos”

Meu apetite por destruição, sexo, drogas e Guns N’ Roses – Steven Adler

“Por toda a minha vida miserável, não há um amigo, um membro da família ou uma oportunidade fantástica que eu não tenha colocado em um liquidificador e mutilado.” – Steven Adler

capa 2.jpgEsta consideração dramática e pessimista está na primeira página da autobiografia do baterista que fundou uma das bandas mais populares que se tem notícia: o Guns N’ Roses. O livro de Steven Adler é um misto estranho de informalidades e frases que, apesar de não tão bem escritas, são viscerais. Elas parecem ter, assim como o autor, uma necessidade premente de atenção e amor.

Mas como, com fama, dinheiro e os sonhos de todo músico realizado, Steven foi capaz de se sentir tão miserável a ponto de declarar isto nas primeiras linhas de seu livro?

Aumenta o som e bora descobrir.

Continuar lendo “Meu apetite por destruição, sexo, drogas e Guns N’ Roses – Steven Adler”