Bela e a Fera – Jeanne Marie Leprince de Beaumont

Me ame antes que a última pétala caia….

Uma jovem humilde, de exterior bonito como o dia e dedicada ao velho pai; um ser monstruoso, com traços que lembram ora um leão, ora um javali. Aparentemente brutal, mas de bom coração.

E uma rosa.

Estes são os personagens principais do meu conto de fadas preferido: “Bela e a Fera”. Um viva a Jeannie-Marie por esta obra icônica da literatura infantojuvenil! Icônica Jovi? Sim!

Você sabia que a “Bela e a Fera” foi o primeiro texto da literatura infantojuvenil? Não? Bom, agora você já sabe, ne´? 😛 Antes da Branca de Neve dar uns rolês com anões, ou da Bela Adormecida relaxar os ossos por anos a fio, a nossa protagonista aqui encontraria, no castelo de um príncipe amaldiçoado, o sentimento verdadeiro de amor que ultrapassaria a beleza externa.

Continuar lendo “Bela e a Fera – Jeanne Marie Leprince de Beaumont”

A Dádiva do Lobo – Anne Rice

A dádiva de ler Anne Rice!

“A dádiva é ser simples, a dádiva é ser livre/ A dádiva é estarmos onde devemos estar/ E quando nos encontrarmos no lugar certo/ Será no vale do amor e do prazer. ” – Anne Rice, A Dádiva do Lobo.

2010-07-30-25415_rice_anne1.jpg
Anne Rice

A Dádiva do Lobo é um livro especial dentro da carreira da escritora californiana Anne Rice. A obra marca o tão esperado retorno de Anne aos temas de criaturas fantásticas do submundo da imaginação humana, aquelas que povoam as lendas mais fascinantes e obscuras. E, dessa vez, não estamos falando dos seus carismáticos vampiros, não. Dessa vez, entra em cena a lenda do Lobo-Homem.

Continuar lendo “A Dádiva do Lobo – Anne Rice”

Os Elefantes Não Esquecem – Agatha Christie

Não tem nenhum elefante nessa história

flickr_michael_clarke_stuff.jpg
Formação rochosa da ilha de Heimaey – Islândia

Os elefantes não esquecem  é mais um dos livros de Agatha Christie, publicado em 1972, com todo o mistério, crimes e assassinatos que já se assimila ao nome da autora. A história gira em torno de um caso, o possível assassinato dos pais da afilhada da Sra. Oliver (uma escritora), que é a personagem principal do livro. Não é uma questão recente, já haviam passado muitos anos desde a morte deles, quando, em um encontro de escritores, uma senhora chamada Burton Cox,  chega até a Sra. Oliver questionando sobre o ocorrido. Para desvendar o mistério, Sra. Oliver conta com a ajuda de um amigo, o detetive Hercule Poirot (um dos personagens mais famosos de Agatha Christie).

 

Continuar lendo “Os Elefantes Não Esquecem – Agatha Christie”

Esta é Uma História de Amor – Jessica Thompson

Não julgue o livro pela capa. Literalmente.

“Nossos olhos se encontram, e por alguns instantes tudo que se interpõe entre nós são 45 finas folhas de papel reciclado, dois metros de ar abafado de vagão e um homem gordo que está quase cochilando em meu ombro. Este é um daqueles momentos hollywoodianos iguais àqueles que a gente vê no cinema, exceto que eu deveria ser loira e ter ar de heroína. É bem possível que ele seja o homem mais lindo que já vi em toda minha vida.”

Continuar lendo “Esta é Uma História de Amor – Jessica Thompson”

Os Três – Sarah Lotz

Três crianças, quatro aviões, quatro continentes diferentes, um mesmo instante, um mesmo dia: 12 de janeiro de 2012.

“Quinta-Feira Negra. O dia que nunca será esquecido. O dia em que quatro aviões caem, quase no mesmo instante, em quatro pontos diferentes do mundo. Há apenas quatro sobreviventes. Três são crianças. Elas emergem dos destroços aparentemente ilesas, mas sofreram uma transformação. A quarta pessoa é Pamela May Donald, que só vive tempo suficiente para deixar um alerta em seu celular: Eles estão aqui. O menino. O menino, vigiem o menino, vigiem as pessoas mortas, ah, meu Deus, elas são tantas… Estão vindo me pegar agora. Vamos todos embora logo. Todos nós. Pastor Len, avise a eles que o menino, não é para ele… Essa mensagem irá mudar completamente o mundo.”

Continuar lendo “Os Três – Sarah Lotz”

A Rosa Branca Rebelde – Janet Paisley

A mulher é metade do mundo, ghràid

Tateando rastros apagados da história de uma guerreira escocesa rebelde, Janet Paisley remonta, de forma ficcional (importante que se diga), a luta dos rebeldes jacobitas para manter viva sua identidade diante da opressão inglesa. O livro traz para a luz o nome de Anne Farquharson, mulher determinada das Terras Altas que recusa a submissão e assume papel de protagonismo em um levante brutal entre Escócia e Inglaterra.

Continuar lendo “A Rosa Branca Rebelde – Janet Paisley”

O Livro Perdido Das Bruxas De Salem – Katherine Howe

“Agradeço a essas pessoas desaparecidas por qualquer fragmento delas que possa persistir dentro de mim” (Howe, K.)

katherine-howe
Katherine Howe

Nessas últimas semanas, não sei se eu quem devorei o livro ou ele quem me devorou…

Em O Livro Perdido Das Bruxas De Salem, Katherine Howe conta a história de Connie, uma estudante de História, em Harvard, que está ingressando para o programa de PHD. Ela era muito cética e acadêmica, como a maioria de nós quando passamos pela compressa da faculdade – como se sentimentalismo, fantasia e fé fossem características tão femininas que precisassem ser apagadas para uma mulher ser levada á sério em um meio ainda tão “masculino”.

Imagino que este o livro pode ser classificado como um “romance policial” (!?), pois a personagem se encontra envolvida em uma trama onde precisa juntar cada peça de um “quebra-cabeça”.

Continuar lendo “O Livro Perdido Das Bruxas De Salem – Katherine Howe”

Moça Com Brinco de Pérola – Tracy Chevalier

Profundidade singela e genialidade

É sempre uma experiência única fechar um livro e continuar ligada a ele. Aquele livro onde não importa quantas páginas li hoje porque nem vi elas passarem, apressadas, diante dos meus olhos. Só as virei.

Continuar lendo “Moça Com Brinco de Pérola – Tracy Chevalier”

O Diário de Anne Frank

Olá! Primeiríssima vídeo resenha do Canal do Clube!
Em homenagem ao mês da mulher, Emília Nunes fala sobre o livro “Dário de Anne Frank”.

Continuar lendo “O Diário de Anne Frank”